Se você cria conteúdo no site da sua empresa ou de seus clientes, é importante que os dados informem suas decisões. Caso contrário, você corre o risco de criar conteúdo que não atenda às necessidades do seu público. Saber isso vai lhe dar maior visibilidade - é ainda mais importante que você saiba como encontrar e interpretar os dados certos.

Para muitos de nós geradores de conteúdo, a ideia de analisar dados pode ser um tanto complicado. Eu sei pois foi para mim. Mas depois de aprender o básico do Google Analytics, fiquei entusiasmado com a ideia. O uso de dados tornou minhas recomendações de clientes mais fortes e me senti mais confiante em ajudar em parte dessas recomendações.

Ter ideias é ótimo. Ter ideias apoiadas por números é ainda melhor.

Graças à análise de dados, eu aprendi sobre quatro relatórios no Google Analytics que me tornaram um melhor estrategista de conteúdo. Se você não tiver um estrategista de análise interno ou apenas quiser entender algumas coisas para impulsionar sua jornada de conteúdo com base em dados, mostrarei como, quando e por que usar esses relatórios, vamos lá.

1. Relatório de Fluxo de Comportamento

O que é: O Relatório de fluxo de comportamento mostra o caminho percorrido pelos usuários de uma página ou evento para outro. Você pode usá-lo para ver qual conteúdo mantém os usuários envolvidos com seu site.

Onde : Você pode encontrá-lo em Comportamento> Fluxo de Comportamento

Como : Embora seja importante analisar as métricas que nos mostram como as pessoas interagem com nosso conteúdo, também precisamos observar o que acontece depois que as pessoas leem nosso conteúdo para determinar se estão ou não nos ajudando a atingir nossas metas de negócios. O Relatório de Fluxo de Comportamento é uma excelente maneira de descobrir isso.

O relatório será algo como isto:

Vamos ver um exemplo. Digamos que eu queira saber se a Ferramenta de Pré-visualização de SERP do Ivon Matos está levando a qualquer envio de formulário de contato. Clic com o botão direito do mouse em “Portent SERP ferramenta de visualização” e clique em “Destacar o tráfego através de aqui.”

Em seguida, eu olharia a primeira interação e observaria para onde as pessoas vão depois de clicar na ferramenta SERP. Depois de clicar nos detalhes do grupo para (> 100 páginas), podemos ver que a página "home" recebeu 3 mil sessões depois que as pessoas clicaram na ferramenta SERP.

Se o meu principal objetivo é fazer com que mais pessoas acessem a pagina de “contato” por exemplo e penso em 2K é muito pouco ja que meu acesso é bem maior o um número, para isso podemos determinar uma maneira de fazer o “Fale Comigo” CTA mais visível e atraente para o meu publico na página. Se você está se perguntando qual é a taxa de drop-off (eu sei que era), isso é apenas um proxy para% de saída para as pessoas que saem dessa página sem fazer mais nada no site. Mas como é diferente da taxa de rejeição? A única diferença é que os usuários poderiam ter visto uma página anterior à que eles deixaram.

2. Conversões Assistidas

O que é: O objetivo do conteúdo em seu site não é apenas educar seus usuários, mas também criar confiança e levar as pessoas a fazer negócios com você. Uma maneira de saber se seu conteúdo é bem-sucedido é usar o Relatório de conversões assistidas .

Onde: Para chegar a este relatório, vá para Conversões> Multi-Canal Funis> Assistida Conversões

Como: se você nunca usou, vai precisar configurar metas específicas no GA, o que pode incluir objetivos como assinaturas de boletins informativos, downloads de e-books ou visitas a uma Landing Page específica .

Essas metas devem indicar as ações que você deseja que seus usuários realizem quando visitam seu website e mapeiam de volta para seus KPIs.

Depois de configurar suas metas, você poderá ver os dados para ver quais Landing Page ajudaram você a atingir essas metas. E, depois de analisar esses dados, você pode determinar se deve criar um conteúdo semelhante ou encontrar maneiras de otimizar o conteúdo com desempenho insatisfatório.

Este relatório também pode ajudar você a identificar quais tipos de conteúdo apresentam melhor desempenho em quais canais.

Veja como é ao clicar no Relatório de conversões assistidas :

Em seguida, clique em "Outro", digite "Landing Page" e clique em "URL da página de destino".

Logo em seguida, Você pode ver uma lista das principais Landing Page que ajudaram nas conversões. Veja um exemplo do Relatório de conversões assistidas.

Para reduzir esse relatório a conversões específicas, use a lista suspensa em "Conversão", no canto superior esquerdo do relatório.

Se você pular essa etapa, será difícil ver conversões significativas no funil, como inscrições e leads.

Observe que ainda não configurei os valores de conversão. Se você tiver todos os números de seus negócios para fazer isso, ele fornecerá uma maneira adicional de avaliar suas .

Com esses dados, podemos ver que as Landing Page "Ferramenta de pré-visualização da SERP" e "Práticas recomendadas de SEO técnico" esses cliente realizou muitas conversões assistidas. Com esse conhecimento, podemos criar anúncios pagos ou sociais para a "ferramenta de visualização SERP" ou escrever mais conteúdo técnico de SEO em seu site.

3. Pesquisa no site

O que é: Nem todos os sites têm funcionalidade de pesquisa, mas, se o seu tiver, você deve usar os dados do relatório de pesquisa do site para coletar informações sobre seus usuários. Como Arquitetura da Informação:

“Por meio da análise de log de pesquisa… podemos coletar dados úteis sobre o que os usuários realmente desejam do seu ambiente de informações (na forma de consultas de pesquisa). Com o tempo, você pode analisar esses dados valiosos para diagnosticar e ajustar seu sistema de pesquisa, outros aspectos de sua arquitetura de informações, o desempenho de seu conteúdo e muitas outras coisas também.”

O Relatório de pesquisa de sites ajudará você a descobrir quais assuntos os usuários estão pesquisando com frequência. Em seguida, você pode comparar esses termos com o conteúdo de seu site para decidir se o conteúdo está respondendo efetivamente às pesquisas dos usuários.

Onde : Para chegar a este relatório, vá em Comportamento> Pesquisa no site> Termos de pesquisa

Como: quando você clica em "Termos de pesquisa", pode encontrar as palavras e frases que seus usuários pesquisaram na sua caixa de pesquisa. Você pode ver todas as consultas, além de métricas, como o total de pesquisas exclusivas, % de saídas de pesquisa e tempo após a pesquisa. Essas métricas ajudarão você a determinar se as pessoas estão encontrando ou não o que desejam.

O número de refinamentos de pesquisa no relatório e o número de vezes que um usuário pesquisa algo que está em sua navegação principal pode indicar que a navegação do seu site precisa ser reformulada. E, como mencionei no exemplo acima, ele pode ajudá-lo a decidir quais produtos serão destacados nas páginas de categoria, etc.

Vamos fingir que você é um varejista de roupas on-line que está tentando decidir quais tipos de conteúdo serão exibidos em seu website. Você vai extrai o Relatório de pesquisa de seu sites e observa "Macacão", "Gola alta" e "Leggings de outono", tem um grande volume de pesquisas e só existe como páginas de exibição do produto em seu site.

Com base no número de pesquisas que recebem, você pode decidir adicionar um rótulo de sub-navegação para "Macacão" ou uma postagem no blog sobre "Leggings de outono".

Quando se trata de usar o Relatório de pesquisa de sites, há muitas possibilidades. Apenas não esqueça de usá-lo! Eu sei que este é um dos relatórios mais subutilizados na estratégia de conteúdo.

4. Relatório da Landing Page

O que é: esse relatório mostra as Landing Page mais populares em um website. Também inclui dados adicionais, como páginas por sessão, taxa de rejeição e duração média da sessão. É o mais óbvio de todos estes, mas por eu dar uma rápida olhada no conteúdo de maior desempenho, é o relatório que mais uso.

Onde : Você pode encontrar esse relatório em Comportamento> Conteúdo do site> Páginas de destino

Como: defina seu período para qualquer período, de um mês a um ano. Você vai escolher as datas que você seleciona (isso pode depender de fatores como quanto tráfego seu site recebe ou se você acabou de fazer uma reformulação do site ).

Em seguida, observe as principais páginas de destino para descobrir qual conteúdo do seu site recebe o maior número de sessões. Em seguida, examine as próprias páginas para ver se elas abordam tópicos que garantem conteúdo adicional em seu site.

O relatório será algo como isto:

Uma das nossas principais páginas de destino é a "X". Essa página tem um alto número de sessões e uma duração média da sessão de 1:21, o que indica que ela chama atenção do público. É demorado e dividido em diferentes seções, como "topico 1" e "topico 2".

Dica altamente acionável: se eu olhasse para o relatório e descobrisse que não temos postagens em nenhum desses subtemas relacionados, eu poderia orientar a equipe de PPC do cliente imediatamente para escrever sobre eles.

Há muitos outros motivos para usar o Relatório da página de destino, mas recomendamos que você o analise antes do próximo brainstorm de ideias.

O Google Analytics pode ser complicado, mas esses relatórios são uma excelente maneira de se dar bem na geração de conteúdo. Espero que eles o inspirem a começar a usar dados para suas decisões de conteúdo. Brinque com eles e descubra como você pode usá-los na sua empresa!